Tag Archive | tcpo

Estimando custos de construção 2 – Entendendo o orçamento

Na primeira parte desse artigo eu mostrei como estimar os custos de construção pelo metro quadrado, tendo como fonte o Sinduscon e a Editora Pini. Mas eu não mostrei o que está incluso nessa estimativa. Conforme suas análises demonstrem que o investimento em um imóvel vale a pena, é preciso ter mais detalhes dessa composição de custos para melhor controle da produção na obra.

Pra entender de orçamento em construção é preciso entender dois conceitos: insumos e composições:

  • Insumos podem ser de três tipos: materiais, mão de obra e equipamentos. É considerado insumo a hora do pedreiro, o tijolo, o quilo do cimento, o dia da máquina de terraplenagem, a hora do servente, o metro quadrado de placas cerâmicas.
  • Composição, como o próprio nome sugere, é uma combinação de insumos para realizar um serviço. Por exemplo: pra assentar o piso da cozinha, você precisa de algumas horas de azulejista, um pouco de argamassa colante, uns quilos de rejunte e vários metros quadrados de placas cerâmicas. Se você pegar todos os insumos que foram utilizados para revestir o piso da cozinha e dividir pela área dela, você terá a composição do serviço “revestimento de piso em placas cerâmicas” por metro quadrado.

Ainda está muito teórico, vamos fazer um exemplo prático: vamos orçar uma parede de blocos de concreto com 5m de comprimento e 3m de altura.

Precisamos então de 15m² de um serviço: “alvenaria de bloco de concreto com 14cm de espessura”. Eu só preciso saber os consumos dos insumos (pedreiro, servente, areia, cal, cimento e blocos) para montar a composição do serviço:

A tabela acima é um exemplo de composição.

  • A coluna Consumo indica quanto de cada insumo eu utilizo pra fazer uma unidade do serviço (1m² de parede, nesse caso).
  • A coluna Preço mostra o preço atual do mercado que você consegue ligando pra fornecedores.
  • Leis Sociais representa a quantidade de encargos trabalhistas que são pagos sobre o valor da mão de obra, estimados em 120% (sim, são altíssimos).
  • Benefícios e Despesas Indiretas (BDI) é o valor cobrado sobre todos os subtotais pela construtora/administradora da obra, aqui estimado em 20%. Nesse valor estão incluídos despesas com escritório central, escritório da obra, remuneração dos engenheiros e o lucro da empresa. Num próximo post eu mostro como é feita a composição do BDI e das Leis Sociais.

Legal, mas o mais importante eu não falei: onde conseguir os CONSUMOS ?!

Numa situação ideal, esses consumos são obtidos com os dados históricos da sua empresa construtora ou com a fornecedora. É muito provável que esses dados não estejam na mão, é muito custoso fazer essas medições.

Uma das melhores fontes de composições é a Tabela de Composições de Preços para Orçamento (TCPO) da Editora Pini. Ela é vendida em CD ou livro, e o preço é um pouco salgado (próximo de R$300). Vale a pena se você utilizar sempre.

Mas, se você é pão-duro, existem opções boas, de graça e lícitas (nada de pirataria) na internet. Órgãos do governo precisam dessas composições para orças obras públicas e publicam periodicamente esses dados. Não é tão completo como a TCPO, mas possui cerca de 90% dos serviços que você possa precisar. São elas:


FDE – Fundação para o Desenvolvimento da Educação (Governo do Estado de SP)

Possui a composição dos pricipais serviços para obras de reforma e construção de escolas.

SIURB – Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbana e Obras – Prefeitura de SP

Possui excelentes tabelas de composição em Excel, tanto para obras de infraestrutura, como para edificações.

SINAPI – Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Indices da Construção Civil – CAIXA

Possui tabelas de custos de insumos e serviços de todos os estados. Você deve abrir a página e clicar em “SINAPI Sist. Nac. Pesq. Custos e Indices Const. Civil” na lista de downloads. (Quem precisar transformar os arquivos da tabela SINAPI para Excel, use esse site www.pdftoexcelonline.com).

DER-SP – Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de SP

Possui preços dos serviços para obras de infraestrutura.

 

Preços Pesquisados – Ed.Pini

A própria Editora Pini possui no seu site os custos de vários serviços de construção, ele dá o preço sem a composição (assim como o SINAPI), mas é muito bom para ter uma idéia da ordem de grandeza do preço do serviço.

Essas informações lhe foram úteis? Deixe seu comentário ou dica de mais sites de composições e preços da sua região, para que eu inclúa na lista.

Até a próxima,

Giuliano

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 40 outros seguidores